Encontre seu Passeio



Mais Lidos


Booking.com
Banner BNU vertical
Os melhores restaurantes de Bariloche 1

Os melhores restaurantes de Bariloche

Nem só de neve e mirantes naturais é feita uma viagem à Bariloche. Preparamos uma lista com os restaurantes que não podem ficar de fora do roteiro. Confira!

 

No clima frio de Bariloche, a cozinha regional é uma grata surpresa para os que chegam ao destino motivados apenas pelas paisagens exuberantes, que não são poucas. Marcada pela centenária produção de cerveja artesanal, pelas casas de chá, pelo chocolate e por pratos com carne de cordeiro, trutas e defumados, a gastronomia patagônica pode ser considerada uma atração à parte.

 

El Boliche de Alberto

El Boliche de Alberto é uma tradicional e popular rede de restaurantes especializada em carnes e massas (pastas em espanhol).

Alberto Pérez, fundador da marca, apesar de ser um ícone da gastronomia patagônica, nasceu em Buenos Aires. Lá, teve seu primeiro contato com o ramo alimentício, mas sem trato com carnes, apenas limpando grelhas. Tempos depois, se imaginou cozinhando no sul da Argentina e abriu uma parrilla (equivalente à churrascaria brasileira) para caminhoneiros em Bariloche. Posteriormente, atravessou o Río Limay, originado no Lago Nahuel Huapi, e inaugurou o El Boliche Viejo. Em 1990, fundou El Boliche de Alberto, nome informalmente sugerido pelos clientes.

Para evitar reclamações e garantir a satisfação dos frequentadores, o empreendedor implantou em suas lojas um sistema em que o parrillero prepara os alimentos à vista dos clientes e os atende pessoalmente para saber suas preferências quanto ao ponto das carnes: jugosa (mal passada), a punto (ao ponto) ou cocida (bem passada).

Os melhores restaurantes de Bariloche 0

Seja para provar as carnes acompanhadas pelas famosas “montanhas de batata frita” ou as saborosas massas artesanais, El Boliche de Alberto é parada obrigatória para quem está de passagem por Bariloche.
Os melhores restaurantes de Bariloche

 

Alto el Fuego

Alto El Fuego é um restaurante cuja especialidade são as carnes grelhadas, apesar da ampla cartela de vinhos e das deliciosas sobremesas caseiras. A dica é experimentar o ojo de bife, um corte nobre que corresponde ao miolo do bife ancho, que equivale ao contra-filé brasileiro. Muito macio e suculento, é capaz de superar suas expectativas – que já não devem ser poucas – sobre as tradicionais parrillas argentinas.

Os melhores restaurantes de Bariloche 5

Situado no Centro de Bariloche, em uma área com muito verde, o espaço é pequeno, possui decoração rústica e costuma estar sempre cheio, por isso é indicado fazer reserva.

 

Butterfly

Instalado em um terraço a poucos metros do Lago Nahuel Huapi com vista para a Cordilheira dos Andes, o Restaurante Butterfly funciona em um pequeno salão decorado com elementos patagônicos e proporciona uma experiência gourmet, com estilo de culinária elaborada.

Os melhores restaurantes de Bariloche 2

O menu de 7 passos serve as exclusivas 7 mesas do espaço. O cardápio é composto por uma carta de vinhos bem pensada para acompanhar os pratos de porções pequenas feitas com produtos locais sob influência gastronômica espanhola e francesa.

A degustação pode incluir sopa de melão, fondue de tomate, gazpacho (sopa fria à base de hortaliças) de framboesa, salmão com batatas, ovos cozidos, bife de chorizo e creme de chocolate, por exemplo, sendo que as opções podem variar por conta da sazonalidade dos alimentos.

 

Cassis

Localizado junto ao Lago Gutiérrez, Cassis é um restaurante gourmet com vista privilegiada e gastronomia europeia moderna inspirada nos produtos andino-patagônicos. O cardápio delicado inclui carnes, truta, pães artesanais e alimentos do campo. Mariana, chef e proprietária, inclusive utiliza o que colhe em sua própria horta orgânica.

Os melhores restaurantes de Bariloche 4

Em 1995, ela e seu marido, Ernesto, abriram em casa a primeira versão do restaurante, em Esquel, na Província de Chubut, na Argentina. Em abril de 2002, no entanto, viajaram para a Alemanha, onde ficaram por quase dois anos. Após retornarem, voltaram a atender em casa, mas desta vez em Bariloche. Em 2006, migraram o negócio para a sede atual, um espaço pequeno, romântico e com capacidade para 40 pessoas.

Atualmente, o restaurante também é um ponto de venda dos vinagres produzidos pelo casal por meio de um processo de envelhecimento de frutos como o cassis (groselha negra), que dá nome ao estabelecimento. A partir dos vinagres, são fabricados molhos para salada, xaropes e geleias.

Os melhores restaurantes de Bariloche 3

 

La Fonda del Tio

No melhor estilo bom e barato, La Fonda del Tio está situado fora da zona comercial e turística da Rua Mitre, a cerca de 1,5 quilômetros de distância do Centro Cívico de Bariloche. Criado por Albino Pison, italiano de Belluno, na década de 40, atualmente é administrado por seu neto Mario Longhi, que manteve a tradição culinária.

Simples, econômico, muito frequentado por locais e normalmente lotado, o restaurante serve pratos fartos, com destaque para a gigante milanesa à napolitana para compartir (compartilhar) acompanhada por fritas. O cardápio é composto por massas e minutas (pratos rápidos).

Os melhores restaurantes de Bariloche 6

 

 

Para jantar a dois, o Las Morillas combina saborosos pratos bem apresentados, atendimento pessoal e luz baixa. Se estiver com um grupo de amigos a fim de tomar uma cervejinha e beliscar alguns petiscos, visite a Cervejaria Manush ou, caso prefira um programa mais diferente, o Ice Bariloche, um bar de gelo. Já o La Casita (ex-Casita Suizaé indicado se o desejo do dia for fondue, apesar do restaurante servir também um excelente cordeiro à moda da casa, assado com cerveja artesanal e acompanhado por chips de batata frita.

De sobremesa, veja uma lista com as melhores chocolatarias de Bariloche

Gostou? Dê sua avaliação: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...
Gostou dessa matéria? Veja também artigos sobre o Uruguai


×
Olá, podemos ajudar?
Exibir botões
Esconder botões
Brasileiros na Argentina