Encontre seu Passeio



Mais Lidos


Booking.com
Banner BNU vertical
O que fazer em Mendoza 1

O que fazer em Mendoza

Há muito o que se fazer em Mendoza, a começar pelas vinícolas, que oferecem muito mais que degustações, mas um misto de história, gastronomia, cultura, arte, arquitetura e belas paisagens, como a vista da Cordilheira dos Andes.

Mendoza é responsável por 70% da produção de vinhos da Argentina e detém a fama de fabricar o melhor Malbec do mundo! Das mais de 1.200 vinícolas, cerca de 100 podem ser visitadas.

No entanto, nem só de vinho vive Mendoza! O destino oferece atividades artísticas e culturais, como teatros, museus, galerias de arte e rico artesanato. Os bares, cafés, teatros, cinemas e cassinos ficam abertos até tarde da noite e os restaurantes têm comida típica incrível, além de especialidades mediterrâneas e europeias.

 

Pontos turísticos de Mendoza

Os principais pontos turísticos de Mendoza podem ser visitados a pé. As ruas são arborizadas e a cidade possui diversas praças localizadas bem próximas e vários parques com belas paisagens.

Se preferir, pode utilizar o Tranvía Urbano de Compras, um ônibus especial que circula em torno das principais avenidas da cidade: San Martín, Columbus, Belgrano e Las Heras, que compõem a área comercial do Centro. O Tranvía de Mendoza é um meio pitoresco de transporte que os mendocinos utilizavam por volta de 1960, das características originais, os bancos de madeiras e os uniformes dos motoristas de bonde foram mantidos. Quer descer? Utilize a cordinha para avisar o motorista que você quer descer na próxima parada. 

 

 

O que fazer em Mendoza 2
Tranvía de Compras – Mendoza

 

Plaza Independencia

A Plaza Independência é a maior praça de Mendoza, com fontes e muitas árvores exuberantes. Lá, você conhece a feira de artesanato, palcos de apresentações artísticas, fontes luminosas, o Museu Municipal de Arte Moderna, o Teatro Julio Quintanilla e quiosques de comidas típicas.

 

O que fazer em Mendoza
Plaza Independencia – Mendoza

 

Peatonal Sarmiento

A Peatonal Sarmiento é uma via muito charmosa e exclusiva para pedestres. Prédios históricos estão localizados próximos, a Igreja San Nicolás e Santiago Apóstol, a Legislatura Provincial, a Bolsa de Comércio e a Passagem San Martín.

 

O que fazer em Mendoza 4
Peatonal Sarmiento – Mendoza

 

Paseo Alameda

O Paseo Alameda é uma passagem exclusiva para pedestres e uma região de comércio, com cafés, bares e restaurantes. A Biblioteca General San Martín fica próximo ao local.

O que fazer em Mendoza
Paseo Alameda – Mendoza

 

Avenida Aristides Villanueva

A Avenida Aristides Villanueva é um local para compras e um dos pontos de encontro mais procurados de Mendoza. Os bares e restaurantes são frequentados por mendocinos e turistas, principalmente à noite.

 

O que fazer em Mendoza 6
Avenida Aristides Villanueva – Mendoza

 

Avenida Las Heras

A Avenida Las Heras é o lugar para comprar produtos da culinária local, roupas de couro, artigos regionais e trajes típicos dos Andes.

 

O que fazer em Mendoza 9
Avenida Las Heras – Mendoza

 

La Enoteca

La Enoteca está instalada no espaço em que funcionava a Escola Nacional de Viticultura e se projeta como Centro de Vinhos. A visita guiada ao local introduz os visitantes ao processo de vinificação, oferece degustação e apresenta a mostra de maquinário antigo e a exposição permanente de vinhos das principais vinícolas da região.

 

O que fazer em Mendoza
La Enoteca – Mendoza

 

Parque General San Martín

O Parque General San Martin é o parque mais importante de Mendoza. Dentro do parque estão localizados, além do zoológico, o Museu de Ciências Naturais e Antropológicas, o anfiteatro do Teatro Grego Frank Romero Day – onde acontece a Festa da Vendimia -, o Estádio Provincial Malvinas Argentina, a Universidade Nacional de Cuyo, um clube de golfe, a Fonte dos Continentes e o Monumento ao Exército dos Andes em homenagem ao General San Martín, bem no topo do Cerro da Glória.

 

O que fazer em Mendoza 12
Parque General San Martín – Mendoza

 

Aquário Municipal

Primeiro aquário da Argentina, foi inaugurado em Mendoza em 25 de maio de 1945 e é o único do país com gestão municipal sem fins lucrativos. O lugar é pequeno e organizado e sua atração principal é a tartaruga Jorge, de 95 anos.

 

O que fazer em Mendoza 13
Aquário – Mendoza

 

Mercado Central

Datado de 1883, o Mercado Central de Mendoza é um importante centro de alimentação e de comercialização de produtos frescos. O local apresenta grande variedade de itens, como carnes, peixes, frutas, legumes, pães, queijos, especiarias, cereais, doces, embutidos, bebidas e muito mais!

 

O que fazer em Mendoza 14
Mercado Central – Mendoza

 

Terraço Mirador

Terraço Mirador está localizado no último andar do prédio da Prefeitura da Cidade de Mendoza, de onde é possível avistar de paisagens urbanas até a Cordilheira dos Andes. 

 

O que fazer em Mendoza 15
Terraço Mirador – Mendoza

 

Museu da Área Fundacional

O Museu da Área Fundacional de Mendoza exibe pinturas e esculturas de artistas locais, além de artefatos, fotografias, mapas e maquetes que contam a história e a evolução da cidade.

 

O que fazer em Mendoza 16
Museu da Área Fundacional – Mendoza

 

Museu Juan Cornélio Moyano

O Museu de Ciências Naturais e Antropológicas Juan Cornélio Moyano, um dos museus mais importantes de Mendoza, exibe a história da evolução do homem, dos animais e plantas inseridos nos processos geológicos da região.  A visita apresenta os costumes dos povos indígenas e  explica a necessidade de proteger o meio ambiente para manter o equilíbrio da natureza.

 

O que fazer em Mendoza 17
Museu Juan Cornélio Moyano – Mendoza

 

Restaurantes

A proposta culinária de Mendoza é da mais alta qualidade e variedade, é possível experimentar os saborosos pratos típicos da Argentina e as mais variadas cozinhas com forte influência européia e uma perfeita harmonização com os melhores vinhos de Mendoza.

Pratos típicos: alfajores, tabletas (biscoitos mendocinos), empanadas, sorrentinos, massas, parrillada, doce de leite, doce de alcayota e nozes, tortitas cuyanas e muito mais.

Os restaurantes em Mendoza oferecem uma experiência gastronômica imperdível, e citamos alguns dos restaurantes que consideramos especiais em Mendoza: 1884 Restaurante Francis Mallmann, Anna Bistrô, Azafran, Ceibo, El Mezon Español, Francesco Barbera, Fuente y Fonda, Ituzaingo, Kotayk, La Marchigiana, Maria Antonieta, Montecatini, Praga Marisqueira e Silla 14.

 

Alfajor

O alfajor Argentino é considerado um ícone da cultura do país, sendo Havanna a marca mais popular de todas. O doce tem duas ou três camadas de massa, que após assadas devem ser levemente crocantes e macias. São feitos de mel, quase esfarelando, mas firmes, e com recheio do melhor doce de leite, coberto com chocolate derretido ou polvilhado com açúcar de confeiteiro e mel.

Mas e os alfajores de Mendoza? Algumas receitas utilizam maisena como um dos ingredientes e a cobertura é feita com coco ralado. Quem é especialista em apreciar o melhor alfajor de Mendoza elege o Entre Dos, e outros dizem que o melhor é o alfajor do La Cabaña Chocolates. Vale experimentar os dois!

 

O que fazer em Mendoza 18
Alfajor Entre Dos – Mendoza

 

Churros

Coma os melhores churros de Mendoza, com os mais variados recheios no Churrico de Mendoza!

 

O que fazer em Mendoza 20
Churros – Mendoza

 

Música

O estilo mais característico de música em Mendoza é  folclore cuyano, a “toada, a cueca e o gato”, além de bandas de rock mendocinas, como Karamelo Santo e Los Enanitos Verdes, que fazem muito sucesso.

 

O que fazer em Mendoza 21
Karamelo Santo – Mendoza

 

O que fazer em Mendoza
Los Enanitos Verdes- Mendoza

 

Eventos

Os eventos e atividades culturais de arte, cinema e dança são muito apreciados e aguardados por mendocinos e visitantes!

Um dos eventos mais esperados do ano é a Festa da Vendimia em Mendoza, realizada no primeiro sábado de março para comemorar o trabalho e a dedicação na colheita do vinho.

 

O que fazer em Mendoza 23
Festa da Vendimia – Mendoza

 

As festividades não param por aí! Em 17 de abril é comemorado o Dia Mundial do Malbec para celebrar o melhor Malbec do Mundo em Mendoza e em 42 cidades de diversos países.

 

O que fazer em Mendoza 24
Dia Mundial do Malbec – Mendoza

Para saber mais sobre a festa mundial, clique aqui.

Para consultar diferentes ofertas culturais, clique aqui ou aqui.

 

Vinícolas

Os destaques são as regiões de Maipú, Luján de Cuyo, Valle de Uco e San Rafael. Em Luján de Cuyo, a elaboração do Malbec resultou na obtenção da DOC (Denominação de Origem Controlada), certificação mundial de vinhos de qualidade superior, sob normas específicas e controle desde a produção da uva até a finalização da produção da bebida.

Abaixo, listamos as principais regiões produtoras e suas bodegas mais famosas. Confira e se programe para conhecer!

Maipú, localizado a 20 km de Mendoza

Vinícolas destacadas: Benegas, Carinae, Casa El Enemigo, Dom Feco Villafañe, Domiciano, Fecovita, Filósofos, Finca Agostino, La Rural, Lopez, Los Toneles, Mevi, Navarro Correas, Reyter, Rutini, Santa Julia, Sin Fin, Tapaus, Trapiche, Tempus Alba, Trivento, Vina del Cerno, Vistandes.

Luján de Cuyo, localizado a 21 km de Mendoza

Vinícolas destacadas: Achaval Ferrer, Alta Vista, Belazco de Baquedano, Bressia, Casarena, Catena Zapata, Clos de Chacras, Chandon, Cruzat, El Lagar de Carmelo Patti, Dante Robino, Dolium, Domínio del Plata, Doña Paula, Domaine St. Diego, Escorihuela (Caro), Fabre Montmayou, Família Barberis, Finca Decero, Finca Flichman, Hacienda del Plata, Kaiken, Lagarde, Luigi Bosca, Melipal, Mendel, Nieto Senetiner, Norton, Piatelli Vineyards, Renacer, Ruca Malen, Séptima, Sottano, Susana Balbo Wines, Tapiz, Terrazas de los Andes, Tierras Altas, Viña Amalia, Viniterra, Vistalba, Viña Cobos, Weinert.

Valle de Uco, Vinhos de Altura, localizado a 100 km de Mendoza

Vinícolas destacadas: Andeluna, Antucurá, Atamisque, Clos de los 7, Corazon de Sol y La Azul, Familia Zuccardi, Finca La Celia, Flecha de Los Andes, La Azul, Lurton, Margot, Monteviejo, Pulenta Estate, Salentein, O’Fournier, The Vines.

San Rafael, localizado a 232 km de Mendoza

Vinícolas destacadas: Algodón Wine Estates, Balbi, Bianchi, Jean Rivier, Roca, Suter, Lavaque e Goyenechea.

As visitas devem ser agendadas e você pode ir de ônibus, de carro, ou se preferir, agendar os passeios em empresas de turismo especializadas em Mendoza.

Quer almoçar enquanto visita as vinícolas? Escolha um dos restaurantes em Luján de Cuyo ou Maipú: Familia Zuccardi, Lopes, Finca Decero, Belasco de Baquedano, Clos de Chacras, Trapiche, Finca Agostino, Susana Balbo Wines, Abrasado Los Toneles, Terrazas de los Andes, Chandon, Norton, Séptima, Nieto Senetiner, Lagarde, Melipal, Ruca Malen, Otaviano, Terruño Restó, Casarena e Dolium.

 

O que fazer em Mendoza 25
Vinícolas – Mendoza

 

Para ler um post completo sobre as melhores vinícolas de Mendoza, clique aqui.

 

Azeites – Olivícolas

Visite as olivícolas de Mendoza e conheça as oliveiras e todo o processo de extração do azeite, desde a colheita da azeitona até o engarrafamento do azeite, podendo degustar de azeitonas a azeites e aceto balsâmico. É uma experiência única aos apreciadores da boa comida.

Citamos algumas importantes olivícolas em MendozaLaur, Maguay, Pasrai e Simone.

 

O que fazer em Mendoza 26
Olivícola Simone – Mendoza

 

 

Spa e Termas nas Montanhas e Aventura no Parque das Águas Cacheuta

Spa e Termas Cacheuta estão localizados nas montanhas dos Andes. Junto ao Rio Mendoza, as instalações oferecem spas termais, piscinas de pedras com diferentes temperaturas e banhos de argila.

 

O que fazer em Mendoza 27
Spa e Termas Cacheuta – Mendoza

No Parque das Águas Cacheuta você pode aprender a escalar, fazer rappel na parede de 37 metros, tirolesa dupla de 180 metros atravessando o Rio Mendoza, rafting no Rio Mendoza, cavalgada e trekking por trilhas na montanha, ou ainda, aproveitar as piscinas de águas termais.

 

O que fazer em Mendoza 28
Parque de Águas Cacheuta – Mendoza

 

Aconcágua

Aconcágua é a montanha mais alta das Américas, com 6.962 m. É conhecida como “Sentinela de Pedra” e considerada uma das paisagens mais deslumbrantes da Argentina. O ponto turístico está localizado no Parque Provincial Aconcágua, na Cordilheira dos Andes, a 112 km de Mendoza – Argentina.

 

O que fazer em Mendoza 29
Aconcágua – Mendoza

 

Canyon Atuel

O Canyon Atuel apresenta formações rochosas impressionantes, além de represas, lagos, usinas hidrelétricas e rios. Você pode se aventurar nas margens do Rio Atuel praticando rafting, cavalgadas, mountain bike, caiaque, cataraft (catamarã tipo rafting), tirolesa, caminhadas, cavalgadas, descida de rapel ou parapente.

 

O que fazer em Mendoza 32
Canyon Atuel – Mendoza

 

Lagoa de Diamante

A Lagoa de Diamante é um dos principais reservatórios de água doce da América Latina e protege um setor importante da crista da principal Cordilheira, na região central dos Andes, compreendendo o vulcão Maipo, com 5.323 metros. As paisagens são espetaculares.

 

O que fazer em Mendoza 33
Lagoa de Diamante – Mendoza

 

Gostou? Dê sua avaliação: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...
Gostou dessa matéria? Veja também artigos sobre o Uruguai


×
Olá, podemos ajudar?
Exibir botões
Esconder botões
Brasileiros na Argentina